?

Log in

No account? Create an account
12 August 2006 @ 11:57 pm
Eu disse que essa coisa de data e eu não dá muito certo, né? =/
Mas hoje eu me peguei lendo alguns logs antigos *-* e vi que tinha perdido os dois meses >_< e eu tinha planejado fazer alguma coisinha fofinha e meiga e tudo mais, mas não deu. óò
Só que a falta que você faz quando está off é gigante, incomensurável e... eu não resisti. =x
Meu playlist não ajudou e ler os logs também não, então....

Retrospectiva fora de ordem: \o/

I've got you under my skin.
I've got you deep in the heart of me...
So deep in my heart, that you're really a part of me
I've got you under my skin.

Tata: Pelo pouco que eu conheço de você e pelo muito que conheço do Léo, você é a versão feminina dele. xD

I try so not to give in.
I say to myself "This affair, it never will go so well",
But why should I try to resist when, baby, I know damn well
That I've got you under my skin?

Renata: Tipassim, as pessoas que dizem que não conseguem se apaixonar, não querem se apaixonar, simples assim.
Renata: Mas como nós duas sabemos, não é assim que a coisa acontece, se fosse, eu não teria me apaixonado pelo Léo :P
Keshi: Como assim? o.o"
Renata: Eu não queria me apaixonar por ele, não sabia? :P
Keshi: Não!? O.o
Keshi: Ainda bem que nos 45 do seg tempo vc mudou de ideia XD

I'd sacrafice anything come what might
For the sake of having you near.

Renata: Se tudo der certo e eu passar, eu vou pegar um emprego qualquer que dê pra me sustentar em São Paulo por alguns meses e assim que terminar o primeiro período eu peço transferência pra alguma faculdade de lá e se precisar de prova, meto a cara de novo.
Elaine: Isso tudo é por causa dele?
Renata: Não. Isso tudo é por minha causa, por que mesmo que não dê certo entre eu e ele, eu vou me arrepender pelo resto da vida se eu não tentar, se eu não correr atrás dessa chance de ser feliz.
Elaine: Então se você não passar, pega um emprego qualquer e continua estudando pro teu pai não reclamar e quando você puder se manter direito lá, você vai.

Unforgettable, that's what you are
Unforgettable though near or far
Like a song of love that clings to me
How the thought of you does things to me
Never before has someone been more

Léo: Eu realmente queria vc aqui por perto agora.....
Léo: Pra ser MUITO sicero, eu NUNCA quis alguem tão perto de mim como eu quero vc... É engraçado como a gente nem teve um contato decente offline, mas vc faz muuuuuuita falta.....
Renata: óò Eu já tentei uops, fluops, pops, pof e plofs... nada deu certo óò Queria muuuuuito poder estar do teu lado onde quer que fosse ._.'
Tá... eu tô sorrindo que nem idiota, vermelha e isso que você falou me fez ter um baita arrepio na espinha
Léo: Posso falar algo que há muito eu evitava falar antes de ter certeza absoluta?
Renata: Pode oo'
Léo: Eu te amo, e muito!
Renata: Eu também te amo, Léo... e muito mesmo... acho que deu pra perceber pela carta
Léo: Claro que deu... E sabe... Eu me imagino com vc por perto mesmo em situações tão boooobas, que tudo que eu queria era jogar tudo pro alto e pegar um ônibus pra ir te ver.......
Léo: Hoje na festa do meu avô minha avó chegou e veio com aquela coisa de "E ai, ninguem para passar o dia dos namorados juntos?" e NADA conseguir tirar a imagem de vc da minha cabeça depois disso...

Close to you, I will always stay.
Close to you, though you're far away.

Rê: Rê, linda fofa e tchutchuca, você só vai entender que é shipper do Léo, quando encontrar o Léo ^^
(...)
Renata: Tipo o que tá acontecendo entre eu e o léo =x não tá dando mais pr'eu continuar com o meu pseudo... eu não sinto por ele nem 1/3 do que o que eu sinto pelo léo... *pelamordedeus, não diz isso pra ninguém*
Rê: Rê, termina...
Rê: =x
Renata: eu vou terminar assim que ele aparecer... eu tentei, mas não dá... eu amo o Léo =xxxxxxxxxxxxxxxxxx

You'll always be near as though you were here by my side.
No matter where - in my dreams I'll find you there
Close to me, sharing you're caress.
Can't you see you're my happiness?


Renata: Posso te falar uma coisa bizarra?
Léo: Claro. Vc sabe que entre a gente não precisa mais perguntar se pode perguntar algo.... :P
Renata: O primeiro sonho que eu tive contigo, antes daqueles uhhhh que postei no LJ, foi extaamente isso... Essa conversa... As mesmas palavras, as mesmas coisas, eu tava com a mesma roupa.... IGUAL. 
Léo: Ai caramba! Assim não dá! Outra namorada bruxa eu não aguento! /o\ xDDDDD

Wherever you go, my heart will go, too.
What can I do?
It only wants to be close to you.
Close to me, sharing you're caress.
Can't you see you're my happiness?

Tata: Eu continuo achando vcs lindo juntos xD 
Renata: Eu tbm =x (não conta pro léo que eu disse isso, só vc e o Rê sabem =xxxx)

It had to be you
It had to be you
I wandered around
And finally found
The somebody who
Could make me be true


Renata: eu quero cuidar de você ._.'

(...)

Renata: mas eu quero cuidar de você. quero aparatar aí e te ouvir extravassar a raiva e beber contigo pra afogar as mágoas e te dar carinho, colo, amor e cuidado e ser tua ukezinha .____." ><"
Léo: nhá... Bem que seria uma boa ._.~
Renata: um dia eu ainda vou te colocar no meu colo, te abraçar bem forte, sem te soltar, afagar teu rosto e teus cabelos, te beijar de leve só pra te fazer se sentir especial e único óò

(...)

Renata: Descansa, relaxa teu corpo e tua mente e acorda bem amanhã óò
E apesar de não ser a mesma coisa, pensa que eu tô te abraçando enquanto dorme, te fazendo carinho e cafuné porque é o que eu faria se pudesse estar aí ><"
Léo: Vou pensar mesmo nisso ._.
Renata: Prometo que vou ficar pensando nisso o tempo todo, que é pra você sentir o quanto eu quero cuidar de você. E vou também pedir pra se puder viajar pra algum lugar enquanto durmo, que sejo pro seu lado pra te dar um pouco de carinho 
Léo: Cuidado com o que vc pede, pq isso realmente acontece.... :P
Renata: Eu sei ^_^
Renata: Mas eu quero cuidar um pouco que seja, mesmo que nenhum dos dois lembre depois
Léo: Dá pra lembrar tb, se tentar bastante xD 
Léo: Mas a gente dorme pensando nisso e se encontra e tá tudo lindo x]
Renata: Uhum *-*~ eu vou cuidar de você direitinho, Léo
Léo: ^^
Léo: Prometo recompensar com milhões de beijos =*****
Renata: "Do começo sem começo até o fim sem fim Cuido de você, meu bem, você cuida de mim"  ^___^
Léo: nháááá......... ^^
Renata: isso que dá se envolver com a deusa da fofura mór :P

Could make me be blue
Or even be glad
Just to be sad
Thinking of you


Renata: Porque você me deixa com tac fácil, porque você é fofo quando tô com pca, é um cara "pra todas as horas", me passa segurança e confiança, surta comigo, implica, ouve, entende, surta, ri, me faz falar coisas que eu sei que vou me arrepender de dizer dois segundos depois, me vicia, faz alguma coisa que me não me deixa esconder nada de você 

For nobody else
Gave me a thrill
With all your faults
I love you still
It had to be you
Wonderful you
It had to be you

Tata: Cuida do Léo?
Tata: Ele tá mal x.x
Tata: E esse agora é seu cargo xD
Renata: Tô tentando óò~
Mas ele tá falando aleatóriedade pra extravassar a raiva ._."
Tata: Ele vai ficar feliz com a carta xDDD
Renata: Amanhã as 9 da matina tô no correio esperando ele abrir pra colocar a carta *.*
Renata: Eu quero cuidar dele, Tata ó_ò~
 
 
além das cortinas: Far away
nos nervos: S2
nos fios: Unforgettable
 
 
01 July 2006 @ 10:57 pm
Carinha carente assim, só pra te dizer que se você me ama, vem ficar de cama, vem cuidar de mim por uma semana, um mês, um ano... a vida inteira! Só pra te dizer que do começo sem começo até o fim sem fim: cuido de você, meu bem, você cuida de mim. Só pra te dizer que o meu coração cafona, quando se apaixona fica tão clichê, sabe? Ele chora de vontade, morre de saudade de você.

Porque não há muito a ser feito: se eu sentir que nós estamos juntos longe ou a sós no mundo e além pode crer que tudo bem, o amor só precisa de nós dois mais ninguém... Se você quiser ser meu namoradinho e me der o seu carinho sem ter fim: pra você eu digo, sim. Por você, eu espero, mas não vá me deixar sem seu beijo se tudo o que há não é muito mais do que o momento quanto mais eu te quero mais sei esperar: Eu espero... Eu espero, seja por um momento ou dois, por uma vida ou várias. Se for pra esperar por você (e só você) eu espero.

Só quero pedir: Me aqueça, me vira de ponta cabeça, me faz de gato e sapato e me deixa de quatro no ato: me enche de amor, de amor! Sabe como é, né? Mais de mil na bienal e amor é um livro, é prosa. É sorte (megasena?!), é do bem (me faz tão bem!) e é pra sempre e depois e sexo é pra antes e pra sempre também, é (no escurinho do) cinema (chupando drops de aniz, longe de qualquer problema, perto de um final feliz), imaginação, fantasia e do bom é poesia (e eu sou só poetisa). Pagão ou não, se é escolha eu escolho você.

E até o tempo passa arrastado só pra ficar do teu lado porque quando não estás aqui, sinto falta de mim mesma, tenho medo de mim mesma.

Vem depressa pra mim? Me leva, leva longe longe, leva mais?
Minha morada é onde for morar você.

I love you, você.

Deveriam me proibir de ouvir música o dia todo ._."
 
 
além das cortinas: Longe
nos nervos: wheeeeeeeeeeeee
nos fios: Rita Lee, Ovelha Negra
 
 
28 June 2006 @ 11:08 pm
1+1  
AL² > x > ∞
 
 
além das cortinas: a 400 e tantos km dele
nos nervos: apathetic
nos fios: Canon in D - Pachelbel
 
 
24 June 2006 @ 10:37 pm
Angel: bleeeeh!!!! ainda descubro o que é que você tem pra me deixar assim òó xD
DNA: Se descobrir me conta! xD

Eu já contei pra ele. Não é um algo, é o todo, mas aí eu achei outra resposta: são os defeitos.

Eu realmente odeio o jeito como ele está sempre certo, mesmo quando erra e como ele consegue sempre driblar e manipular as coisas consertando as situações. Odeio o jeito como ele me deixa mansinha e me faz concordar com tudo. Odeio o jeito como ele parece amar implicar comigo (por mais verdadeira que possa ser a recíproca). Odeio quando ele age todo cheio de si: metido_mór.
Odeio muito o jeito como ele me enxerga transparente se quiser, fazendo com que eu não consiga esconder absolutamente nada dele. Odeio o jeito como ele me deixa sorrindo que nem idiota.

Odeio o jeito como ele está longe demais pra que eu possa odiá-lo de perto.

Porque odiando-o de perto como eu o odeio de longe, eu poderia fazê-lo entender que odeio que ele esteja certo pela segurança que isso me passa, mesmo nas bobagens, me fazendo não querer ficar com mais ninguém que não seja ele pro resto da minha vida ou que quando ele consegue driblar e manipular as coisas, consertando as situações isso me faz confiar nele de olhos fechados, sabendo que não importa o problema, juntos a gente vai achar uma solução. Porque acho que ele não sabe que odeio quando ele me deixa mansinha e me faz concordar com tudo por saber que não importa o quê, como, quando, onde ou porquê, eu serei dele, por deixar tão óbvio o quanto ele me possui e o quanto eu o respeito e admiro pelo cara formidável e maravilhoso que ele é. Nem deve saber que odeio as implicâncias por fazerem com que ele seja o cara ideal pra mim. Ele me faz rir com elas e era tudo o que sempre quis: um homem que me fizesse rir. E quando ele age cheio de si, com o ego inflado e metido mór... Céus! Será que ele sabe que o odeio por não ter como discordar, por ficar ali incapaz de contradizê-lo, por saber que mais uma vez ele está certo?
Tenho certeza que ele não sabe que o único motivo de odiar não conseguir esconder nada dele é por odiar a mim mesma, sabendo que serei incapaz de criar uma surpresa como o sapo, que serei incapaz de esconder por mais de alguns dias qualquer plano, projeto ou presente que tenha, por mais idiota, bobo e meloso que ele possa ser. Três dias sem falar da carta foram um tormento e era apenas uma carta!!!

Odiando-o de perto, eu poderia dizer que odeio o jeito como ele me deixa sorrindo que nem idiota, por ser o único capaz de fazer isso e por me fazer querer que esse sorriso não acabe nunca.

Odiando-o de perto, eu poderia cobrí-lo de beijos e abraços, me perder em seus braços e dizer que na verdade, não tenho motivos, nem escolhi o que aconteceu. Não deu nem pra prever (mentira, ambos sabemos, né?) que ia acontecer... Mas só tem uma única verdade que resume isso tudo:

Odeio odiar de longe, porque odiando-o de perto, poderia ser sincera e todo dia simplesmente amar você.
 
 
além das cortinas: Longe longe longe...
nos nervos: happy
nos fios: Chico Buarque - Tatuagem
 
 
20 June 2006 @ 09:56 pm
Ah, quem me dera ver-te
Sempre a meu lado
Sem precisar dizer-te
Jamais : cuidado...
Ah, quem me dera ver-te

(Vinicius de Morais)
 
 
além das cortinas: Longe de você
nos nervos: blah
nos fios: Vinicius de Morais - Eu Sei Que Vou Te Amar
 
 
 
I'd be happy to die for
A taste of what Angel had
Someone to live for -
Unfraid to say
I love you


(...) E então teve o Léo (está tendo na verdade): a pessoa mais importante da minha vida, meu melhor amigo, meu confidente, conselheiro implicante… A pessoa que mais faz falta em minha vida e que me faz odiar como nunca os 400 e tantos km que separam o Rio de São Paulo. O amor. O amor de histórias, coisinhas internas que ninguém nunca vai ter conhecimento, de trilha sonora. O amor da saudade, da carência, da vontade, do desejo. O  amor que é o ponto mais alto, o que chega mais perto de tudo. O amor que é de mãe, irmã, filha, amiga e amante. O amor que me faz querer cuidar dele, protegê-lo, "rezar" toda noite para o bem dele, dormir abraçando o travesseiro, desejando que fosse ele ali do meu lado. O amor que nunca senti em meu corpo, mas que está marcado em minha pele, em minha alma. O amor das coincidências, das oposições, das semelhanças. O amor que assusta, que dá medo de ser revelado, mas dá mais medo ainda de não ser e que me faz ousar, perder a timidez e revelar.(...)

Live in my house
I'll be your shelter
Just pay me back
With one thousand kisses
Be my lover
And I'll cover you


Open your door
I'll be your tenant
Don't got much baggage
To lay at your feet
But sweet kisses
I've got to spare
I'll be there
And I'll cover you

I think they meant it
When they said
You can't buy love
Now I know you can rent it
A new lease you are my love
On life (Be my life)


Just slip me on
I'll be your blanket
Wherever whatever
I'll be your coat


You'll be my king
And I'll be your castle

No, you'll be my queen
And I'll be your moat

I think they meant it
When they said
You can't buy love
Now I know
you can rent it
A new lease you are my love
On life (All my life)
I've longed to discover
Something as true as this is


So, with a thousand sweet kisses
If you're cold and you're lonely
I'll cover you
With a thousand sweet kisses


You've got one nickel only
I'll cover you
With a thousand sweet kisses
When you're worn out and tired
I'll cover you
With a thousand sweet kisses
When you're heart has expired
I'll cover you


Oh, lover
I'll cover you
Yeah, yeah, yeah, yeah, yeah
Oh, lover
I'll cover you
 
 
além das cortinas: Longe de você
nos nervos: silly
nos fios: Rent - I'll Cover You
 
 
17 June 2006 @ 11:39 pm
Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você

Agora e sempre mais
Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que eu te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz

Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem

Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas, te quero livre também

Como o tempo vai e o vento vem
Eu só quero que você caiba
No meu colo
Porque eu te adoro cada vez mais


Eu só quero que você siga
Para onde quiser
Que eu não vou ficar muito atrás

Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem

Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas, te quero livre também

Como o tempo vai e o vento vem

Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Mas, te quero livre também

Como o tempo vai e o vento vem
E que eu te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem


Idiotamente apaixonada, com saudades e num momento bem meloso.
Já que o phlog é malvado e ainda não temos fotos juntos, começo aqui um LJ só meu, só seu, só nosso.
Assim quando bater a saudade ou der vontade de falar coisinhas melosas e não pudermos falar pelo msn tipo agora temos esse nosso refúgiozinho.
Tags: , ,
 
 
além das cortinas: Longe de você
nos nervos: com saudades
nos fios: Vida · Chico Buarque